ENDOSUL - Tratamento da prolactinoma foi abordado por Boguszewski - clique aqui e leia mais

06 de agosto de 2017

Tratamento da prolactinoma foi abordado por Boguszewski

 

Com a participação de mais de 400 médicos e profissionais da área da saúde, a programação do 11º Endosul - Congresso de Endocrinologia e Metabologia da Região Sul seguiu na tarde de sábado (dia 5), com uma Mini Conferência sobre Prolactinoma – Conduta na Gestação e nos casos resistentes.

 

O endocrinologista Cesar Boguszewski apresentou casos clínicos sobre prolactinoma, tumor benigno hipófise que nas mulheres pode acarretar em amenorréia e galactorréia, ciclo menstrual irregular e infertilidade. Nos homens, a doença pode levar à impotência sexual, perda da libido, oligospermia e, raramente, ginecomastia e galactorréia.

 

Segundo Boguszewski o tratamento da prolactimona é sempre clínico, com eficácia de 80% dos casos. Os medicamentos mais utilizados são a bromocriptina e a cabergolina em doses crescentes, até obter-se a normalização da prolactina e diminuição do volume do tumor. Nos casos em que o tratamento medicamentoso não surte efeito, pode ser realizado o cirúrgico. Raramente se utiliza da radioterapia para tratar a doença.

 

O 11º EndoSul é  promovido pela Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia – Regional Paraná (SBEM-PR). O evento acontece até domingo, na sede da Associação Médica do Paraná, com uma vasta programação de palestras, conferências e debates relacionados à endocrinologia.

 

A galeria de fotos e as notícias podem ser visualizadas no site www.sbempr.org.br/endosul